consumo-brasileiro

O resultado da pesquisa multinacional Em boa companhia: O valor do Consumidor Consciente põe o brasileiro no topo da lista de consumidores conscientes. Cerca de 87% dos brasileiros entrevistados podem ser considerados consumidores conscientes, porque preferem comprar produtos ou serviços de empresas responsáveis socialmente. Além disso, o cliente brasileiro não se importa de pagar de 5% a 10% a mais pela mercadoria dessas organizações. O número supera a média do resto do mundo, em 77%.

O Brasil lidera o ranking do levantamento feito em três continentes para descobrir como está o relacionamento entre clientes e empresas, com foco na responsabilidade social. Encomendada pela Zendesk, a pesquisa foi produzida pela Union + Webster International, especializada em diagnósticos sobre marcas e hábitos de consumo.

“A pesquisa aponta um resultado surpreendente em relação ao Brasil e ao México, respectivamente com 87% e 85% de consumidores propensos a adquirir produtos ou serviços de organizações engajadas com o desenvolvimento das comunidades. Enquanto no Reino Unido obteve 67%, o pior índice”, afirma Marcio Arnecke, head de marketing da Zendesk.

No total, foram entrevistadas 7.010 mil pessoas em sete países – Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Estados Unidos, França, México e Reino Unido.

(Por Supermercado Moderno) varejo, núcleo de varejo, retail lab, ESPM