Neostore

Um startup curitibana ganhou as atenções durante a NRF 2017. A Neostore,  especializada em plataforma mobile omnichannel, aproveitou a data para lançar seu aplicativo em Nova Iorque – a mesma plataforma que desenvolveu em um hackathon promovido pela L’Oréal no Brasil em 2016.

A ferramenta se propõe a integrar canais de venda e distribuição dos produtos da marca nos ambientes on e offline (O2O), oferecendo de forma conjunta uma loja de m-commerce completa (com carrinho de compras, lista de desejos e conexão com gateway de pagamento). Ao mesmo tempo, permite consultas online antecipadas de disponibilidade de produtos em quiosques, pré-reserva de produtos no app (que otimizam o tempo de atendimento no ponto de venda), vídeos com consultoria de beleza, entre outras funções.

Conforme explica uma das sócias da Neostore, Fabíola Paes, a startup está apoiando a transformação da marca de cosméticos na experiência de compra omnichannel para a marca Maybelline e o aplicativo deve estar disponível no mercado nacional no primeiro semestre de 2017.

“O objetivo das ações em Nova Iorque foi mostrar que a startup cresceu e se fortaleceu ao longo do ano, ganhando em maturidade e experiência”, explica. Com a L`Óreal e outros dois líderes nacionais do varejo em seus segmentos no portfólio, a intenção da Neostore é ampliar o número de clientes até dezembro, com produtos personalizados para cada parceiro.

Para a empreendedora, o omnichannel é, hoje, uma das grandes tendências no mercado do varejo. Não existe mais diferença entre a loja física ou online – o cliente pode tanto conhecer o produto na rua e comprar online, como o contrário. “Com um consumidor multicanal, é necessário que as empresas de varejo estejam preparadas para atender a este novo perfil de cliente e a implementação de plataformas específicas vem suprir esta demanda, além de apresentar novas estratégias de comunicação”, finaliza.

(Por NoVarejo – Raisa Covre) varejo, núcleo de varejo, retail lab, ESPM