bestbuy-smart-buy

A rede norte-americana Best Buy está lançando um novo serviço com objetivo de ajudar adultos a monitorarem seus familiares idosos.

A partir de uma avaliação gratuita na casa com as famílias é projetada uma solução customizada de integração de monitores e dispositivos inteligentes (gadgets). Após a instalação, os consumidores podem monitorar o movimento do idoso dentro de casa através de um aplicativo via smartphone. Além disso, em casos de algum tipo de incêndio ou necessidades médicas e de segurança, o serviço notifica o cliente e aciona diretamente corporações como Bombeiros, Polícia e Atendimento Médico.

As opções variam a partir de câmeras básicas e sensores de movimento que custam cerca de 200 dólares até uma gama de produtos inteligentes capazes de aprender o padrão típico de atividades de uma pessoa e alertar seus cuidadores ou familiares através do aplicativo no celular, sobre mudanças de comportamento incomuns que requerem atenção. Esses itens podem custar até mil dólares. O plano de serviço custa US$ 1 por dia, além da compra dos equipamentos.

Entre as facilidades, os idosos podem usar comandos de voz para acender ou apagar luzes, travar portas ou regular a temperatura do ambiente, entre outros recursos. Já os familiares podem monitorar à distância, se os idosos realmente trancaram a porta de entrada da casa, ou se levantaram várias vezes durante à noite e necessitam de uma avaliação médica, por exemplo.

O segmento de tecnologia em prol do envelhecimento da população promete ser lucrativo e competitivo nos próximos anos, nos Estados Unidos. De acordo com relatórios oficiais, existem 17,7 milhões de cuidadores de adultos com mais de 65 anos e a expectativa é que esse número aumente ainda mais à medida que os baby boomers cheguem aos 80 anos. É crescente também o consumo de gadgets inteligentes para uso doméstico. Cerca de 80 milhões de dispositivos foram vendidos globalmente no ano passado, um aumento de 64% em relação ao ano anterior, de acordo com a IHS Markit.

Para Jeff Shelman, porta-voz da Best Buy, iniciativas como essa mostram que os consumidores gostam de tecnologia, mas precisam de ajuda para tirar o máximo proveito dela e que este é só uma entre uma série de iniciativas da empresa possui para atender de forma única seus clientes, oferecendo produtos, serviços e suporte onde que que ele queira.

Com informações Portal StartTribune.com

(Por Mercado & Consumo) varejo, núcleo de varejo, retail lab, ESPM