estufa-Albert Heijn

Imagina poder comprar verduras fresquinhas, colhidas direto da horta, mas sem ter que ir até o campo. Um supermercado inaugurado neste mês em Amsterdã, na Holanda, já está fazendo isso. Ele cultiva os produtos em uma estufa, dentro da loja.

Na rede de mercados Albert Heijn, o comprador escolhe e colhe ali mesmo o que quer levar. A empresa se rendeu à ideia que veio de Berlim, na Alemanha. Desde março do ano passado o supermercado alemão Metro tem uma fazenda interna que cultiva ervas e temperos na loja, sem uso de pesticidas.

Os Estados Unidos foram pioneiros. Desde 2014 o Whole Foods Market tem uma estufa no telhado da loja no Brooklyn, em Nova York. Ela foi construída em 2013 pela produtora local Gotham Greens e tem capacidade para produzir 150 toneladas de alimentos por ano.

A vantagem desses mercados inovadores, além das verduras sem agrotóxicos, é a proteção ao meio ambiente. Eles têm sistemas inteligentes de irrigação, que diminuem o uso de água em 20 vezes e evitam a poluição causada pelos caminhões que transportam alimentos.

(Por Supermercado Moderno) varejo, núcleo de varejo, retail lab, ESPM