urso-natal

Chega dezembro (ou até o fim de novembro) e começam a aparecer os comerciais de Natal.

Uma época do ano chave para muitas marcas. Campanhas emocionantes e com alguma “mensagem ou lição de vida” por trás costumam dar o tom.

Um ranking do YouTube mostra os comerciais natalinos mais vistos de 2016.

O primeiro do ranking, um comercial da John Lewis (loja de departamentos britânica), também é o comercial mais compartilhado de 2016 nas redes sociais.

Aliás, o Reino Unido, com boa tradição em comerciais natalinos, tem 6 das 10 campanhas mais populares de 2016: ou são de marcas britânicas, ou uma agência britânica fez a campanha para a marca global.

Há uma campanha brasileira: na quinta posição, um comercial nacional da Coca-Cola.

Ainda há uma variedade de marcas: de grifes (Burberry), passando por varejo (H&M) e até aeroporto (Heathrow).

O ranking leva em conta, claro, as visualizações orgânicas (espontâneas) dos usuários, não apenas as visualizações pagas (como o comercial aparecendo antes de outro vídeo).

Também entra na conta o tempo visto do comercial. Aqueles que foram pulados em poucos segundos não contam.

Confira os dez primeiros

(Por Exame) varejo, núcleo de varejo, retail lab, ESPM